7 razões para fazer turismo gastronômico no Rio Grande do Norte

post_image

7 razões para fazer turismo gastronômico no Rio Grande do Norte

Tem gente que viaja pra ver mar, tirar fotos de belas paisagens, buscar novas culturas, conhecer gente, praticar esportes e muito mais. Existem centenas de razões para se fazer uma bela viagem; uma delas é conhecer pratos típicos. Por isso, separamos sete razões imperdíveis para os amantes de boa comida realizar o turismo gastronômico no Rio Grande do Norte.

Confira!

Conheça 7 pratos típicos no turismo gastronômico no Rio Grande do Norte

Caranguejada

Caranguejada é um dos principais pratos do turismo gastronômico no Rio Grande do Norte. Para quem é louco por frutos do mar, é - literalmente, um prato cheio. 

Para chegar à caranguejada, os caranguejos são cozidos em água fervente com temperos e leite de côco e são servidos com guarnições como pirão com caldo da caranguejada, vinagrete, ovo cozido, farofa e arroz branco.

Em Natal, este prato é servido à beira mar nos principais restaurantes da cidade. Uma explosão de sensações e uma experiência que vale a pena ser vivida.

Bobó de Camarão

Purê de mandioca, camarões frescos, gengibre e azeite de dendê. Essa mistura compõe o creme do bobó que se une a mais camarões refogados no leite de côco e outros temperos dando forma ao famigerado Bobó de Camarão; outro prato famoso do turismo gastronômico no Rio Grande do Norte e reproduzido pelo Brasil inteiro, principalmente em restaurantes de culinária nordestina.

Bolinho de Macaxeira

A macaxeira (ou mandioca para quem é do sul ou sudeste) é um dos ingredientes de marca registrada da região e por isso se faz presente em inúmeros pratos. Mas até pra quem não procura turismo gastronômico no Rio Grande do Norte, o bolinho de macaxeira faz sucesso. Pode ser encontrado em versões diferentes, por exemplo, recheado de queijo coalho, carne de sol ou camarão.

Essa iguaria forma o casamento perfeito com um chopp à beira mar nas praias de Natal.

Paçoca

O nome é de doce, mas na verdade o prato é salgado. O prato tradicional nordestino é uma espécie de farofa feita com farinha de mandioca e carne de sol desfiada temperada com cebola, alho, coentro e cebolinha.

Pode ser servida como acompanhamento de outros pratos, mas também é consumido como tira-gosto. Outra opção para apreciar o turismo gastronômico em Rio Grande do Norte com um belo chopp na beira da praia, não é mesmo?

Feijão Verde

Um prato típico e exótico é o feijão verde. Também conhecido como feijão-de-corda ou até feijão-fradinho, é um dos pratos mais consumidos no nordeste e um dos melhores acompanhamentos da carne de sol.

A diferença deste feijão típico do turismo gastronômico do Rio Grande do Norte com o feijão tradicional é mínima. O modo de preparo é o mesmo, inclusive os temperos. A diferença é que o feijão verde é mais cremoso devido ao acréscimo da nata fresca, queijo coalho, requeijão ou creme de leite.

Baião de dois

Conhecido e reproduzido pelo Brasil afora, o baião de dois é outro prato importantíssimo para a identidade nordestina. Apesar das inúmeras versões, o prato consiste no cozimento do arroz no caldo do feijão, aproveitando o mesmo processo e a mesma panela.

Há quem aproveite para incrementar os sabores colocando carne de sol e linguiça junto, finalizando com o queijo coalho para dar um toque especial.

Cartola

Para finalizar nossa seleção do turismo gastronômico no Rio Grande do Norte, vamos de sobremesa. O doce Cartola é bastante popular na região. Ele é composto de tiras de bananas maduras fritas ou cozidas cobertas com queijo de manteiga ou queijo coalho polvilhados com açúcar mascavo e canela.

É uma sobremesa extremamente procurada nos diversos estados nordestinos e muito popular em restaurantes e docerias.

Onde se hospedar em Rio Grande do Norte

Para os amantes da culinária exótica e decidiu fazer turismo gastronômico no Rio Grande do Norte, temos excelentes opções de hospedagens.

Em Rio Grande do Norte contamos com três unidades com todo conforto, lazer e sofisticação da rede hoteleira Aram Hotéis; a unidade Aram Ponta Negra Hotel, a Aram Imirá Plaza Hotel, e a Aram Natal Mar Hotel.